Search

    A minha Lista de blogues

    contador

    Loading...
    Ocorreu um erro neste dispositivo
    Ocorreu um erro neste dispositivo
    Ocorreu um erro neste dispositivo

26/06/09

Sarau da Rita




Aqui ficam algumas fotos do Sarau da Rita no passado dia 20 de Junho. As flores são lindas e como é natural foi a tia "Artista" que fez o bouquet. http://www.floristabeijaflor.blogspot.com/


Atenção Pais...

Consumo de álcool
Uma em cada 10 pessoas na Europa morre por consumo de álcool


Novo estudo britânico adianta que a taxa de morte por alcoolismo na Europa é mais do dobro da que se regista a nível mundial.
Uma em cada dez pessoas na Europa morre devido ao consumo de álcool, enquanto a nível mundial a taxa é de um por cada 25 habitantes, indicam estudos hoje publicados pela revista médica britânica «The Lancet».
De acordo com uma investigação realizada por Jürgen Rehm, do Centro para a Adição e Saúde Mental de Toronto, o consumo médio no mundo é de 6,2 litros álcool por ano, o equivalente a 12 unidades por semana, sendo que uma unidade equivale a 10 gramas de álcool puro, dez centilitros de vinho ou 25 centilitros de cerveja.
Este consumo varia entre 21,5 unidades por semana na Europa, 18 unidades na América do Norte e apenas 1,3 unidades nos países do mediterrâneo oriental.
Fonte: Agência Lusa

24/06/09

Hoje é dia de S.João


No dia de S. João

Há fogueiras e folias.

Gozam uns e outros não,

Tal qual como os outros dias.

23/06/09

Foi no mar que aprendi









Foi no mar que aprendi

Foi no mar que aprendi o gosto da forma bela
Ao olhar sem fim o sucessivo
Inchar e desabar da vaga
A bela curva luzidia do seu dorso
O longo espraiar das mãos da espuma

Por isso nos museus da Grécia antiga
Olhando estátuas frisos e colunas
Sempre me aclaro mais leve e mais viva
E respiro melhor como na praia
Sophia de Mello Breyner Andresen

22/06/09

Boa Semana para todos

21/06/09

Bom fim de semana



18/06/09

É Urgente...


Urgentemente

É urgente o Amor,
É urgente um barco no mar.


É urgente destruir certas palavras
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.



É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.



Cai o silêncio nos ombros,
e a luz impura até doer.
É urgente o amor,
É urgente permanecer.



Eugénio de Andrade

11/06/09

Boa sexta feira


Vamos ao trabalho...

Pois é os feriados já lá vão e vem aí mais uma sexta feira de trabalho.

Bom trabalho para todos.


10/06/09

10 de Junho dia de Portugal...

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Ao desconcerto do Mundo

Os bons vi sempre passar
No Mundo graves tormentos;
E pera mais me espantar,
Os maus vi sempre nadar
Em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim
O bem tão mal ordenado,
Fui mau, mas fui castigado.
Assim que, só pera mim,
Anda o Mundo concertado.


Luís de Camões

09/06/09

Parabéns Alice

Alice
Uma das grandes bênçãos da vida
é a experiência que os anos vividos nos concedem.
Aniversariar é uma amostra das oportunidades.
Hoje, mais uma janela se abre diante dos teus olhos,
Mais um espinho foi retirado da flor,
Restando somente a beleza de tão bela data.
Os sintomas da felicidade traduzem-se no optimismo,
Na fé, na esperança e no empenho por se ser melhor a cada dia.
Continua trilhando pelo vales da vida, pois um dia encontrarás o mais belo jardim, o jardim que representará a realização dos teus maiores sonhos ”.
Feliz Aniversário
Sê Feliz Hoje e Sempre…


05/06/09

Hoje é o Dia Mundial do Ambiente

Dia Mundial do Ambiente 2009
União na luta contra as Alterações Climáticas
Num ano decisivo para o combate às Alterações Climáticas, o lema do Dia apela à união dos cidadãos na defesa desta causa comum. O México foi o país escolhido como anfitrião das celebrações que em Portugal decorrerão na Paisagem Protegida da Serra do Açor.
O dia Mundial do Ambiente é comemorado desde 1972, quando foi criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas para marcar o início da Conferência de Estocolmo sobre o Meio Ambiente Humano.
A data pretende consciencializar a população mundial sobre o ambiente e potenciar atenção e acção políticas. Em 2009 o dia é dedicado às Alterações Climáticas que serão tema de uma Conferência Internacional que decorrerá em Copenhaga antes do fim do ano e onde se assinará um protocolo pós-Quioto.

O lema de 2009 é então “O seu planeta precisa de si – una-se para combater as alterações Climáticas”.

Simbolicamente, o anfitrião das celebrações deste ano é o México, país que tem vindo a ganhar notoriedade na luta contra as Alterações Climáticas, de que a crescente participação nos “mercados do Carbono” é um bom exemplo.
retirado da net

04/06/09

Ajudar a Marta

Três dadores dão vida a Marta

Inglês, americano e espanhol podem salvar a menina
Os próximos dias serão decisivos para se apurar qual será o dador de medula óssea para a Marta, entre os três potenciais candidatos encontrados. Segundo Manuel Abecassis, director do Serviço de Transplantação do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, os dadores são de nacionalidade inglesa, norte-americana e espanhola.

CM-04Junho 2009

01/06/09

No dia da Criança...

...para a minha filha Rita
Olhos verdes azulados
ou azul esverdeados,
encontro perfeito do mar e do céu...
cabelos compridos
macios e brilhantes,
castanhos dourados
castanhos de mel...
Criança esperança
não tem mais fim
beleza saída de dentro de mim!

Tem um jeito dengoso
por ser muito amada,
génio caprichoso,
menina mimada,
É o meu maior tesouro,
filhinha adorada.

As Crianças são o Melhor do Mundo

1 de Junho, Dia Mundial da Criança

Que dia de Criança?!

Passo por ti,
Numa rua qualquer,
De uma cidade qualquer,
Que poderia ser do meu País.
Os teus olhos,
De inocência,
Grandes e doces...
De olhar de pesar,
Fitam-me, com réstias de esperança.

Fraquejo, e desvio o olhar
Por momentos...
Alternando,
Perdido, no chão que piso.

Insistes, com o teu olhar
Triste e suplicante.
De cara suja,
De lágrimas roliças.
De cabelo sujo e revolto.
De roupas gastas,
E descalço
Estendes a mão...

De mão estendida,
Suplicas,
por uma esmola...
do tamanho do teu pequeno mundo,
da tua curta vida,
e da minha grande indiferença.

Passo por ti,
De ar indiferente,
De coração pesado,
De vergonha.

Descalço
E calção roto,
De cara suja,
Acompanhas-me
De mão estendida,
Numa ladainha de miséria,
Suplicas...
Uma esmola,
Uma moeda,
Perdido e só, no mundo
Sem eira nem beira,
Apenas com a esperança, como companheira.

Cada passo que dou,
Mais a vergonha me pesa.

Não são as moedas,
Nem um bocado de pão
Que me alivia.
Nem a vergonha que sinto,
Nem a indiferença que mostro
É uma raiva, contida
Como os soluços, que abafas
Em sonhos de criança.

Numa rua qualquer,
De uma cidade qualquer,
Que podia ser do meu País,
Passo por ti.

De mão estendida,
Choras a vida desmedida
A amargura do teu fado,
E eu passo ao lado...
Indiferente...

Quantas crianças...
Quantas vidas...
E quanta indiferença
Tal o egoísmo,
Que nasceu em nós.
No teu dia de criança
Nasce a esperança.
Em mim,
Apenas lembrança.
Augusto P.Gil